Como montar uma clínica completa? Veja agora!

Os altos índices de desemprego enfrentados pelo país nos últimos anos preocupam aqueles que querem se inserir no mercado de trabalho. Para os profissionais da saúde que desejam ter mais autonomia e melhores resultados, montar uma clínica pode ser uma excelente escolha.

As especializações, deficiência dos serviços públicos de saúde e os avanços tecnológicos têm criado excelentes oportunidades para o setor. Interessado em ter seu próprio negócio? Trouxemos um texto para auxiliar na montagem da sua clínica. Acompanhe!

Defina a localização e estrutura

Para escolher a localização ideal, você deve, antes de mais nada, realizar uma pesquisa sobre todas as características da região. O local onde a clínica funcionará está diretamente ligado ao público-alvo; por isso, merece atenção.

Fatores como a renda da população local, hábitos dos possíveis pacientes e até mesmo os problemas de saúde mais comuns naquela área são importantes para definir a escolha. Se você pretende atender pacientes com um poder aquisitivo mais alto, por exemplo, o ideal é que o consultório esteja localizado em um bairro nobre.

Caso seja possível, dê sempre preferência aos imóveis maiores. Um espaço para a criação de uma copa, sala para administração e um pequeno depósito ajudam a tornar o ambiente mais dinâmico e organizado. Não se esqueça de que o local deve ter fácil acesso, permitindo a vinda de pacientes de diversas localidades. Ter estacionamento disponível também dará mais comodidade aos seus pacientes.

Providencie a documentação necessária

Não adianta estar com a clínica bem localizada, decorada e funcionários contratados se o profissional não estiver com o seu consultório legalizado. O primeiro passo é providenciar a regulamentação de acordo com a Agência Nacional da Vigilância Sanitária (Anvisa).

Antes de tomar outras providências, você deve conhecer o guia de Boas Práticas de Funcionamento para os Serviços de Saúde. Esse manual enumera as diretrizes para segurança dos pacientes, gestão de qualidade e do pessoal, normas para prontuários e as condições organizacionais. Além disso, a Anvisa dispõe da resolução 50, que estabelece o que deve ser seguido no projeto físico da clínica, desde o seu planejamento até a programação.

Em seguida, é necessário fazer o Cadastro Estadual de Vigilância Sanitária e tirar a Licença de Funcionamento da Prefeitura. Por fim, a clínica deve estar de acordo com o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico para ser aprovada no Corpo de Bombeiros.

Invista em tecnologia para montar uma clínica

Uma atitude muito importante ao montar uma clínica é investir em tecnologia para modernizar e agilizar o atendimento.

Com o avanço tecnológico, os exames têm se tornado mais seguros e precisos. Atualmente, existem no mercado diversos sistemas que identificam as patologias com exatidão e direcionam para o tratamento adequado. Com isso, é possível prevenir doenças e que o problema do paciente se agrave. Outro benefício importante oriundo dessa modernização clínica foi a redução de exames invasivos e desnecessários.

Softwares de gestão também são muito úteis para otimizar o atendimento. O ideal é que seja escolhido um que atenda todas as necessidades de uma clínica, como gerenciamento de consultas, cadastro de prontuários e pacientes, dentre outros procedimentos. É importante também que o sistema tenha a opção de gerenciamento financeiro. Com essa ferramenta, você terá um controle maior dos seus gastos e receitas, além de gerar relatórios financeiros.

Contrate a equipe

Antes abrir as portas da sua clínica, é preciso contratar os profissionais necessários. Sendo assim, avalie e faça uma lista com os funcionários que precisa para começar.

Uma secretária, sem dúvida, deve estar nessa lista, uma vez que ela será fundamental para organizar o funcionamento da clínica. Como profissionais da saúde costumam trabalhar em outros locais além do consultório, é preciso ter uma pessoa para atender os pacientes. É a secretária que atenderá telefonemas, confirmará consultas e esclarecerá dúvidas.

É preciso, ainda, contratar os profissionais de saúde que vão compor sua equipe multidisciplinar e os trabalhadores de apoio, que farão serviços de limpeza, cozinha e manutenção. Vale ressaltar que todos os funcionários devem ser registrados conforme determina a lei.

Gostou de aprender como montar uma clínica? Então, continue a visita em nosso blog e leia o texto “Tecnologia na área da saúde: como ela pode ajudar uma clínica?” para saber mais sobre o assunto!

Miotec - Tecnologia para a vida!

A Miotec tem a missão de entender as necessidades dos pacientes e de desenvolver soluções para dar suporte aos profissionais da área da saúde, para que eles tenham mecanismos mais eficientes a favor dos tratamentos feitos. Tendo como objetivo a melhoria das capacidades físicas e motoras daqueles que precisam de tratamentos fisioterapêuticos, a Miotec desenvolve diversos produtos para contribuir com a qualidade de vida dos pacientes.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"