Conecte-se

    [/vt_socials]
    Entenda como o biofeedback domiciliar pode ser uma solução para seu paciente e sua clínica de fisioterapia

    Entenda como o biofeedback domiciliar pode ser uma solução para seu paciente e sua clínica de fisioterapia

    Oferecer o melhor atendimento aos seus pacientes é o desejo de todo profissional que trabalha na área da saúde. O comprometimento com a recuperação e bem-estar das pessoas vai muito além da sua remuneração. Isso porque aquele sentimento de satisfação e missão cumprida só chega quando os resultados dos tratamentos são positivos, do contrário, haverá preocupação com o estado clínico do paciente.

    Nesse sentido, quanto mais opções o profissional ter à sua disposição para otimizar os resultados dos tratamentos, melhor. Pensando nisso, resolvemos tratar neste artigo um assunto importante: o biofeedback domiciliar.

    Já ouvir falar nessa técnica? Se a sua resposta é não, fique tranquilo, pois trouxemos a fisioterapeuta Ericka Valentin para explicar esse assunto com mais detalhes. Acompanhe!

    O que é biofeedback?

    Antes de explicar o que é biofeedback domiciliar, é importante que você entenda o conceito de biofeedback. Essa é uma técnica de relaxamento de conscientização utilizada para incentivar os pacientes a controlar voluntariamente as funções que normalmente já não estão mais sob o seu controle. Sendo assim, seu principal objetivo é aliviar a dor dos pacientes, monitorar a atividade muscular e aumentar seu nível de relaxamento e consciência muscular.

    Ao iniciar a sessão, o profissional fará uma análise inicial do paciente, realizando diversos testes. Nesse momento, são utilizados aparelhos de alta tecnologia para captar os sinais do organismo. Em tempo real, o paciente consegue observar, por meio de gráficos, sons ou imagens todas as informações obtidas no aparelho.

    Com esses dados, o fisioterapeuta consegue acompanhar a evolução do tratamento e realizar os ajustes necessários para otimizar a sua eficiência. Com o passar do tempo, o paciente que antes não conseguia distinguir os movimentos involuntários, consegue controlá-los e maneira voluntária.

    O biofeedback já apresentou resultados positivos em pacientes que sofriam de:

    • ansiedade;
    • depressão leve;
    • estresse;
    • disfunções nos MAP (Músculos do Assoalho Pélvico)
    • epilepsia;
    • síndrome de Raynaud;
    • problemas circulatórios, entre outros.

    Como funciona o biofeedback domiciliar?

    Para que o biofeedback domiciliar possa ser eficiente, o paciente precisa ter em mãos o aparelho necessário para realizar os procedimentos exigidos pelo fisioterapeuta. No caso dos tratamentos de incontinências, por exemplo, é indicado o uso do New PelviFit Trainer

    Segundo a Ericka Valentin, fisioterapeuta pélvica especialista, esse aparelho “é uma forma de biofeedback mecânico. A contração do assoalho pélvico desencadeia o movimento de uma haste, como se fosse uma antena. Esse dispositivo permite que quando a paciente realiza uma contração com o períneo, a antena da sonda é deslocada em sentido oposto ou do corpo da paciente. Quando ela contrai essa antena se afasta dela em direção à superfície de onde ela está deitada, mostrando que ela conseguiu realizar o movimento”.

    Nesse caso, o biofeedback domiciliar se faz muito importante, tendo em vista que ele será o responsável por passar todas as informações necessárias ao profissional. Ericka ainda explica que “esse recurso (sonda) poderia ser utilizado sem o biofeedback”, no entanto, “o fisioterapeuta não teria certeza se os movimentos estão sendo feitos da maneira correta, ou seja, se a paciente está contraindo a musculatura de forma adequada”.

    Por que ofertar biofeedback domiciliar aos seus pacientes?

    A seguir, apresentamos as vantagens de oferecer o biofeedback domiciliar aos seus pacientes, destacando os benefícios tanto para o tratamento quanto para a clínica de fisioterapia. Veja!

    Vantagens para o tratamento

    Com o biofeedback domiciliar o paciente tem a oportunidade de aumentar a sua reação da estimulação, uma vez que poderá realizar os exercícios no conforto do seu lar com a orientação necessária do profissional. A sua confiança em relação à sua capacidade de controlar os movimentos involuntários também aumentará, pois o paciente também poderá visualizar as contrações realizadas e identificar como elas devem ser feitas.

    Com as informações fornecidas pelo biofeedback domiciliar, o paciente percebe que a aprendizagem da autorregulação psicofisiológica se torna mais rápida, fazendo com que o tratamento seja ainda mais eficaz.

    Além disso, mesmo em períodos de pandemia, como a do COVID-19, é possível dar continuidade ao tratamento em casa, sem prejuízos ao paciente. Nesse momento, o fisioterapeuta dará todo o suporte necessário, esclarecendo dúvidas e auxiliando no tratamento.

    Portanto, é válido destacar que em nenhum momento a qualidade do tratamento é prejudicado. Se o paciente utilizar os recursos certos e seguir à risca as orientações dos profissionais, possível ter ótimos resultados com o biofeedback domiciliar.

    Vantagens para a clínica de fisioterapia

    A clínica também obtém vantagens com o uso do biofeedback domiciliar. Nesse caso, mesmo o paciente realizando os exercícios em casa, os profissionais têm a oportunidade de obter informações relevantes para o tratamento. 

    Nesse momento, ele pode pedir para o paciente gravar um vídeo ou tirar uma fotografia do procedimento. Caso uma das partes se sinta desconfortável em fazer isso, ele pode fazer um questionário para paciente e fazer com que ele responda detalhadamente cada campo.

    Dessa forma, ele pode monitorar os resultados de maneira qualitativa (avaliando se os exercícios estão sendo feitos da maneira correta) e quantitativa (observando quantas vezes o paciente conseguiu realizar cada movimento, por exemplo).

    Por fim, profissional da clínica também tem a oportunidade de mostrar os resultados em tempo real ao paciente. Incentivando-o a alcançar os próximos objetivos. Afinal, com um paciente motivado, fica muito mais fácil de realizar os procedimentos a distância, não é mesmo?

    A sua clínica de fisioterapia precisa estar preparada para enfrentar qualquer problema. Tomamos como exemplo, mais uma vez, a pandemia do COVID-19. Em momentos como esse, é fundamental conseguir oferecer aos seus pacientes todo o suporte necessário para que o tratamento não seja interrompido.

    Nesse sentido, o biofeedback domiciliar aparece como uma ferramenta indispensável que ajuda a oferecer uma boa recuperação aos seus pacientes com o auxílio de profissionais especializados. 

    Mas não é só em pandemias que o biofeedback domiciliar é eficiente. Ele também oferece comodidade ao paciente que tem a oportunidade de realizar os exercícios onde se sentir mais confortável, melhorando, assim, o seu desempenho e, consequentemente, os resultados do tratamento. O seu paciente só tem a ganhar com essa opção.

    No entanto, para que o biofeedback domiciliar seja eficiente, você precisa contar com os recursos adequados para cada caso a ser tratado. Que tal saber mais sobre a sonda de biofeedback domiciliar mais popular da Miotec? Ela mesmo, a New Pelvifit Trainer! Clique aqui e saiba tudo sobre este produto revolucionário!

    A Miotec tem a missão de entender as necessidades dos pacientes e de desenvolver soluções para dar suporte aos profissionais da área da saúde, para que eles tenham mecanismos mais eficientes a favor dos tratamentos feitos. Tendo como objetivo a melhoria das capacidades físicas e motoras daqueles que precisam de tratamentos fisioterapêuticos, a Miotec desenvolve diversos produtos para contribuir com a qualidade de vida dos pacientes.

    Ad
    Ad
    Ad
    Ad

    A Miotec

    Fundada em 2002, a MIOTEC atua na área da saúde, desenvolvendo, produzindo e comercializando ferramentas tecnológicas direcionadas à pesquisas e terapias de prevenção, reabilitação e monitoramento, objetivando melhoria do bem-estar e do desempenho físico humano.

    Conecte-se

    Instagram

    No posts available!
    ×