Conecte-se

    [/vt_socials]
    Persistência X Insistência: quebre suas barreiras e alcance seus objetivos

    Persistência X Insistência: quebre suas barreiras e alcance seus objetivos

    Persistência é bom, mas quando observamos que nossa ação virou nada mais que insistência, temos que mudar o curso, o que não significa necessariamente desistir

    Por Fabiano Ergoni, Diretor-Executivo da Miotec

    Hoje acordei pensativo e reflexivo, e acho que isso é natural em alguns momentos de nossas vidas, principalmente quando estamos enfrentando momentos de crise ou angústia por algum cenário adverso. Nestas horas, vem à tona sempre a pergunta: estamos trilhando o caminho correto?

    Quando sabemos o caminho que temos que seguir tudo faz sentido, por mais pedras que existam no percurso. Agora, quando não sabemos qual o destino desejado, qualquer caminho serve, e é exatamente aí que mora o perigo.

    Diante disso – e aprofundando as reflexões sobre quais as condições que nos permitem fazer escolhas – uma nova questão surge: ao pesar minhas escolhas e caminhos, e as dificuldades que estou enfrentando, estou sendo persistente ou insistente?

    Eu vos digo que temos que manter sempre nossa persistência em busca de nossos objetivos, mas quando observamos que nossa ação virou nada mais que insistência, temos que mudar o curso, o que não significa necessariamente desistir.

    Persistência para crescer

    Conheço inúmeros exemplos de profissionais que logo na primeira dificuldade abandonam algum processo, sem esforçar-se o suficiente. Por outro lado, também conheço aqueles que insistem em uma forma de agir que prejudica a eles mesmos, e não os leva ao objetivo final.

    Fazendo um paralelo com nosso mundo, e no uso da tecnologia junto aos pacientes, podemos dizer que existem muitos profissionais que aprendem a utilizar os equipamentos apenas de uma determinada maneira – errada, diga-se de passagem –, e ficam insistindo neste caminho, mesmo sabendo que não é a forma correta de buscar os melhores resultados. Este é o insistente.

    É diferente daquele profissional questionador, que busca incansavelmente conhecimento com foco definido, e aprimora suas formas de agir e progredir. Esse último é o persistente.

    Como já escrevi em outro post, não basta ser talentoso, tem que ser disciplinado, isso faz toda a diferença. Somando a disciplina e a persistência, se tem uma fórmula de sucesso.

    Quando começamos a Miotec, por se tratar de uma ação disruptiva – montar uma empresa de tecnologia no Brasil –, a persistência teve que ser muito grande, ao ponto de nos fazer chegar até aqui e poder lhes falar isso. Em vários momentos fui insistente, mas aprendi a duras penas que esse não era o melhor caminho.

    Ao compartilhar tudo isso, meu objetivo é passar um pouco do que vivi para auxiliá-los de alguma maneira a obterem o sucesso. A ideia é que possam encurtar um pouco este caminho, minimizando os erros, mas sabendo que errar faz parte do processo e do nosso crescimento. Convido você, leitor, a definir bem o seu foco, traçar o objetivo, persistir e valorizar os pequenos avanços em direção ao destino.

    E aí, vamos seguir esse caminho juntos?

    A Miotec tem a missão de entender as necessidades dos pacientes e de desenvolver soluções para dar suporte aos profissionais da área da saúde, para que eles tenham mecanismos mais eficientes a favor dos tratamentos feitos. Tendo como objetivo a melhoria das capacidades físicas e motoras daqueles que precisam de tratamentos fisioterapêuticos, a Miotec desenvolve diversos produtos para contribuir com a qualidade de vida dos pacientes.

    Ad
    Ad
    Ad
    Ad

    A Miotec

    Fundada em 2002, a MIOTEC atua na área da saúde, desenvolvendo, produzindo e comercializando ferramentas tecnológicas direcionadas à pesquisas e terapias de prevenção, reabilitação e monitoramento, objetivando melhoria do bem-estar e do desempenho físico humano.

    Conecte-se

    Instagram

    ×