Conecte-se

    [/vt_socials]
    Qual é o papel da fisioterapia no tratamento da esclerose múltipla?

    Qual é o papel da fisioterapia no tratamento da esclerose múltipla?

    As técnicas da fisioterapia são importantes aliadas no tratamento e no controle dos sintomas da esclerose múltipla. Os exercícios são bastante benéficos para reduzir as dificuldades que a doença gera na rotina do paciente. Assim, por meio da fisioterapia, é possível melhorar o equilíbrio, fortalecer a musculatura e amenizar as limitações do movimento, entre outras coisas.

    Tendo isso em vista, vamos explicar a importância da fisioterapia no tratamento da esclerose múltipla. Confira o que é essa doença, seus principais sintomas e os impactos que ela causa à saúde. Veja, também, como o uso das técnicas fisioterápicas pode promover mais qualidade de vida para os pacientes com esclerose múltipla. Aproveite a leitura!

    O que é a esclerose múltipla?

    A esclerose múltipla é uma doença ligada às reações autoimunes que resultam em um processo inflamatório generalizado. Essa inflamação crônica leva ao aumento de tecido conjuntivo, que funciona como sustentação da maioria dos órgãos do corpo.

    Em pacientes com esclerose múltipla, observa-se mais processos inflamatórios no sistema nervoso. Quando a inflamação ocorre muitas vezes, ocasiona a cicatrização de algumas células nervosas e leva à destruição da bainha de mielina. Por conseguinte, o controle do impulso nervoso e a coordenação de certas funções do corpo são comprometidos.

    Logo, a esclerose múltipla pode ser conceituada como uma enfermidade de caráter autoimune, crônico e que afeta as funções neurológicas. Como acontece em todas as doenças autoimunes, as células de defesa do organismo passam a atacar o sistema nervoso, o que provoca graves lesões no cérebro e em outros órgãos.

    Quais são os principais sintomas da esclerose múltipla?

    Por ser uma doença autoimune e que desencadeia processos inflamatórios generalizados, a doença não tem cura definitiva. Além disso, ela pode manifestar diferentes sinais e sintomas, conforme o grau de comprometimento das lesões cerebrais e medulares. As características das doenças que afetam o sistema imune também variam de acordo com as condições imunológicas individuais.

    Igualmente relevante é destacar a relação da esclerose múltipla com o estilo de vida. Em pacientes fumantes ou consumidores de bebida alcoólica, os sintomas se expressam com maior gravidade. Tanto os componentes do cigarro como o álcool contribuem para enfraquecer ainda mais a defesa do organismo, condição que aumenta a vulnerabilidade às complicações da doença.

    Vale frisar, ainda, a importância da atenção à saúde mental dos pacientes com esclerose múltipla. As limitações da doença surgem de repente e, se não adequadamente tratadas, adquirem um caráter progressivo. Nessas circunstâncias, há um grande impacto da evolução da doença sobre a estabilidade emocional, condição que exige assistência psicológica.

    Tendo isso em vista, destacamos os sintomas mais observados:

    • visão turva;
    • ansiedade e depressão;
    • instabilidade emocional;
    • sensações de formigamento;
    • dores musculares e articulares;
    • comprometimento do equilíbrio;
    • dores no corpo e fadiga intensa;
    • alterações no intestino e na bexiga; 
    • fraqueza e problemas musculares;
    • redução e perda da coordenação motora.

    Por que essa doença surge?

    As causas da doença ainda não estão totalmente esclarecidas. Contudo, a hipótese provável é a existência de uma forte correlação do surgimento da esclerose múltipla mediante perdas da bainha de mielina no cérebro. Essa estrutura é composta por elementos gordurosos que desempenham a função de proteger os nervos e facilitar a transmissão dos impulsos nervosos.

    Por tal razão, a esclerose múltipla é também conhecida como doença degenerativa desmielinizante, já que ela provoca graves lesões na parte estrutural da bainha de mielina. Em linhas gerais, pode-se afirmar que essa bainha é um complexo lipoproteico, isto é, constituído por envoltórios de células de gorduras.

    Assim, a perda da mielina prejudica a transmissão dos impulsos nervosos e compromete o funcionamento de diferentes órgãos. Como vimos, as principais alterações são mais observadas a nível neuronal, o que compromete o equilíbrio e a coordenação motora, principalmente.

    Como a fisioterapia auxilia no controle da esclerose múltipla?

    O uso de técnicas de fisioterapia neurológica possibilita significativa melhora da qualidade de vida dos pacientes que enfrentam os desafios impostos pelas limitações da esclerose múltipla. Logo, em doenças ligadas ao sistema imune, os exercícios de fisioterapia neurológica podem funcionar, tanto de modo preventivo quanto para evitar a evolução dos sintomas. 

    Essas técnicas são eficazes para minimizar as limitações e as deformidades que podem surgir, principalmente quando se instalam a fraqueza muscular e o comprometimento do equilíbrio. Desse modo, a utilização da terapêutica reabilitativa torna-se uma excelente alternativa na recuperação do paciente.

    Sintomas como espasmos, fadiga, crises depressivas e transtornos de ansiedade também podem ser controlados por meio dessas técnicas. Logo, com a fisioterapia neurofuncional e motora, é possível prevenir os impactos da esclerose múltipla no cotidiano do paciente. 

    Confira os resultados proporcionados pela fisioterapia no tratamento desses pacientes:

    • recuperação do equilíbrio e treino de marcha;
    • relaxamento para alívio de dores crônicas;
    • correções de possíveis desvios da coluna;
    • fortalecimento e relaxamento muscular;
    • melhoria da coordenação motora;
    • fortalecimento das articulações.

    Como a Miotec pode ajudar?

    A Miotec Equipamentos Biomédicos atua voltada para o desenvolvimento, a fabricação e a distribuição de equipamentos focados na avaliação e no tratamento de diferentes doenças e incapacitações. Com o uso de tecnologia avançada, nossos equipamentos objetivam promover a reabilitação e o aumento da performance em busca de uma melhor qualidade de vida.

    Aliados à fisioterapia preventiva e corretiva, nossos materiais melhoram bastante o movimento prejudicado e, assim, maximizam o potencial dos exercícios. Assim, a Miotec disponibiliza equipamentos apropriados para promover, manter e restaurar não apenas o bem-estar físico, mas também o psicológico e social. Isso porque a melhoria nas funções físicas já comprometidas influencia a autoestima do paciente.

    Portanto, entre os benefícios oferecidos pelos equipamentos da Miotec aos pacientes com esclerose múltipla, destacam-se:

    • promover melhora na qualidade de vida; 
    • aumentar a força muscular e o alongamento; 
    • manter ou melhorar as atividades funcionais; 
    • diminuir as dores e os desconfortos musculares;
    • possibilitar adaptações para facilitar as atividades diárias.

    Pode-se concluir, por fim, que a fisioterapia neurofuncional é um excelente instrumento para ajudar na prevenção e na reabilitação dos membros cujas funções foram afetadas pela esclerose múltipla. Mesmo que a doença não tenha uma causa definida, conhecer as possibilidades de amenizar os seus sintomas é de extrema relevância.

    Gostaria de saber como controlar os impactos da esclerose múltipla? Entre em contato com a Miotec e conheça nossas soluções especializadas!

    A Miotec tem a missão de entender as necessidades dos pacientes e de desenvolver soluções para dar suporte aos profissionais da área da saúde, para que eles tenham mecanismos mais eficientes a favor dos tratamentos feitos. Tendo como objetivo a melhoria das capacidades físicas e motoras daqueles que precisam de tratamentos fisioterapêuticos, a Miotec desenvolve diversos produtos para contribuir com a qualidade de vida dos pacientes.

    Ad
    Ad
    Ad
    Ad

    A Miotec

    Fundada em 2002, a MIOTEC atua na área da saúde, desenvolvendo, produzindo e comercializando ferramentas tecnológicas direcionadas à pesquisas e terapias de prevenção, reabilitação e monitoramento, objetivando melhoria do bem-estar e do desempenho físico humano.

    Conecte-se

    Instagram

    ×