Conecte-se

    [/vt_socials]
    Entenda a importância do uso do urofluxômetro no tratamento de incontinência urinária

    Entenda a importância do uso do urofluxômetro no tratamento de incontinência urinária

    • 20 de março de 2020
    • por

    Você já ouviu falar no urofluxômetro? Pois bem, esse equipamento tem beneficiado muitos profissionais da saúde devido ao auxílio nos diagnósticos sobre o trato urinário. Considerado um procedimento não invasivo, a urofluxometria ajuda na identificação dos problemas das pacientes que têm dor ou infecções em repetição a desenvolverem hábitos urinários, a fim de melhorar a patologia dessas mulheres. 

    Oferecer o melhor tratamento aos pacientes deve ser sua prioridade. Por isso, investir em equipamentos tecnológicos e que permitam às pessoas atendidas se sentirem confortáveis é fundamental para se destacar no seu segmento.

    Para ajudar você a entender como funciona o urofluxômetro, trouxemos a fisioterapeuta Cristiane Carboni para contar um pouco de sua experiência. Acompanhe!

    Para que serve o urofluxômetro?

    O urofluxômetro é um equipamento utilizado para medir o fluxo urinário, ou seja, o volume de urina que passa pela uretra em uma unidade de tempo, o qual é expresso em ml/s. Por meio da observação dos valores medidos, são identificados aspectos que se relacionam com a função da uretra e da bexiga. Isso significa que o profissional pode observar se há obstrução do trato urinário abaixo da bexiga ou diminuição do controle do órgão.

    De acordo com Cristiane, “a urofluxometria começou a ser muito utilizada por oferecer informações preciosas para o tratamento desses pacientes”. Por meio do procedimento, é possível fechar por completo essa avaliação minuciosa.

    Assim, o fisioterapeuta consegue realizar sua avaliação física, depois terá a urofluxometria para estudar o padrão de esvaziamento vesical do paciente. Existem ainda o biotrainer e a eletromiografia para o tratamento das disfunções que são diagnosticadas nessas pessoas. 

    Em suma, podemos afirmar que, com a urofluxometria, é possível ensinar o paciente a entender como deve ser o padrão miccional — e ele mesmo vai poder fazer as correções necessárias. 

    De que forma esse equipamento funciona?

    O urofluxômetro é um aparelho utilizado no estudo do tempo necessário para o paciente urinar e da força do jato urinário. Uma condição muito importante é a continuidade desse fluxo urinário, isto é, o fato de a pessoa conseguir fazer xixi de uma só vez ou ter um fluxo intermitente. 

    Também é possível verificar quanto de urina o paciente fez e o tempo que ele demora para liberar essa quantidade de xixi. Tais valores medem o fluxo da urina e dão informações valiosas para o profissional saber como é o funcionamento do trato urinário dessa pessoa, além de como ele pode ajudar a melhorar isso.

    Como o urofluxômetro pode ser útil em tratamentos?

    O urofluxômetro é utilizado em tratamentos da seguinte forma:

    • preparo: não é exigida qualquer preparação prévia para realizar uma urofluxometria. A única exceção é evitar a ingestão de água — a qual deve ser realizada minutos antes de fazer o exame, a fim de possibilitar que o paciente tenha vontade de urinar normalmente;
    • procedimento: como dissemos, a urofluxometria refere-se à medida do fluxo do jato urinário. Sendo assim, o paciente só precisa urinar em um aparelho semelhante a um vaso sanitário. Feito isso, o computador passa a analisar e elaborar um gráfico com os resultados obtidos; 
    • cuidados após o exame: após a realização do exame, não é necessário que o paciente repouse. Dessa forma, ele pode retomar suas atividades imediatamente, sem complicações ou contratempos.

    Qual é a importância do uso dessa tecnologia nos tratamentos?

    O urofluxômetro é uma ferramenta útil para ajudar os profissionais a diagnosticarem as disfunções uroginecológicas. Com isso, é possível melhorar o tempo de tratamento a partir das informações obtidas no exame, pois existe a chance de saber se o paciente tem alguma obstrução do trato urinário, por exemplo.

    Normalmente, a pessoa já chega ao consultório com alguns exames complementares e pede ao fisioterapeuta para que ele verifique as obstruções funcionais. Nesse momento, é possível analisar se o paciente tem alguma falta de coordenação da musculatura que não permite a ele esvaziar a bexiga. Junto ao procedimento, o profissional faz a eletromiografia, a qual permite analisar se o problema vem do músculo ou de dentro da bexiga.

    A partir desse exame, o fisioterapeuta consegue ver também como está a influência das outras musculaturas sobre o padrão urinário e, inclusive, o que o paciente precisa fazer para ter um melhor hábito urinário. Se ele apresenta incontinência urinária e não esvazia bem a bexiga, por exemplo, o profissional o ensina a fazer o esvaziamento correto da bexiga para que perca menos urina. 

    A urofluxometria hoje

    Muitos urologistas dizem que já não têm mais interesse em realizar a urofluxometria dentro de seus consultórios. Nesse sentido, seria ideal que os fisioterapeutas pudessem abraçar a urofluxometria e ter condições de fazer laudos dos diagnósticos, encaminhando para os médicos. Assim, um dos principais pontos vantajosos para o fisioterapeuta ter esses equipamentos é o retorno financeiro.

    Já o segundo ponto (e mais importante) é o profissional ter condições de dar um diagnóstico mais preciso da disfunção daquele paciente. Sem dúvida alguma, podemos afirmar que o urofluxômetro é uma ferramenta indispensável no dia a dia dos fisioterapeutas. 

    Cristiane Carboni ainda afirma: “a Miotec é uma empresa em que confio na qualidade dos serviços e sou muito satisfeita com o pós-venda”. Isso mostra a importância de contar com uma parceira de credibilidade, realmente capaz de ajudar você a melhorar a qualidade do atendimento.

    Como você pode perceber, o urofluxômetro é uma inovação do mercado para a fisioterapia. Além dos benefícios proporcionados à credibilidade dos serviços prestados em sua clínica, ele possibilita que o paciente se sinta o mais confortável possível no momento da realização do exame.

    Antes, principalmente no Brasil, a fisioterapia não manejava esses aparelhos mesmo sendo uma ferramenta de importância inestimável no consultório. Agora, com a ajuda da Miotec, você poderá ter acesso a uma ferramenta incrível, a qual auxiliará bastante na realização de diagnósticos mais precisos e eficientes.

    Hoje a Miotec ainda não possui um urofluxômetro no seu catálogo de produtos, mas o ano de 2020 promete novidades e em breve teremos um equipamento de tecnologia muito avançada!

    Invista em tecnologia. Invista em inovação! Pode ter certeza de que isso refletirá positivamente na imagem da sua clínica no mercado e fará com que cada vez mais pessoas se interessem pelos serviços oferecidos.

    Gostou do nosso artigo sobre urofluxômetro? Quer ficar por dentro das inovações do seu segmento? Então, assine nossa newsletter e receba as novidades diretamente no seu e-mail!

    A Miotec tem a missão de entender as necessidades dos pacientes e de desenvolver soluções para dar suporte aos profissionais da área da saúde, para que eles tenham mecanismos mais eficientes a favor dos tratamentos feitos. Tendo como objetivo a melhoria das capacidades físicas e motoras daqueles que precisam de tratamentos fisioterapêuticos, a Miotec desenvolve diversos produtos para contribuir com a qualidade de vida dos pacientes.

    Ad
    Ad
    Ad
    Ad

    A Miotec

    Fundada em 2002, a MIOTEC atua na área da saúde, desenvolvendo, produzindo e comercializando ferramentas tecnológicas direcionadas à pesquisas e terapias de prevenção, reabilitação e monitoramento, objetivando melhoria do bem-estar e do desempenho físico humano.

    Conecte-se

    Instagram

    No posts available!
    ×