Conecte-se

    [/vt_socials]
    Conheça as novas sondas PelviLine e seu potencial para o tratamento do assoalho pélvico

    Conheça as novas sondas PelviLine e seu potencial para o tratamento do assoalho pélvico

    • 25 de setembro de 2019
    • por

    Você já deve ter ouvido falar de sondas descartáveis, certo? A Miotec acabou de lançar uma novidade no mercado, chamada PelviFit Lite. Não paramos por aí! A Miotec está em busca de mais novidades nesse ramo de produtos, e vem aí a PelviLine!

    A PelviLine apresenta duas versões, com diferenças anatômicas: a PelviLine Lite e a PelviLine Max. A versão Lite é um pouco menor e é destinada para canais menores, tanto o vaginal quanto o anal. A PelviLine Max, por sua vez, é indicada para pacientes que têm o canal vaginal um pouco maior. Já a PelviFit Lite é uma sonda um pouco mais adaptável amplamente utilizada para ambos os públicos.

    Depois de entender melhor esses conceitos, neste artigo vamos apresentar mais informações sobre as sondas PelviLine e como elas contribuem para a recuperação dos seus pacientes. Acompanhe!

    Quando as sondas PelviLine são recomendadas? 

    As sondas PelviLine são recomendadas para realizar a captação do sinal de eletromiografia e biofeedback ou, também, em situações nas quais seja necessária a estimulação muscular da região anal ou vaginal. Com o seu design anatômico, elas ajudam a exercitar o assoalho pélvico, conectando com as fibras de músculos que têm a função de evitar a saída involuntária da urina, por exemplo. 

    Qual é a importância das sondas PelviLine para o tratamento das disfunções do assoalho pélvico?

    A sonda PelviLine é essencial porque ela consegue se adaptar à cavidade. Essa acoplagem faz toda diferença, pois as duas partes de metal precisam estar em contato com o músculo. Do contrário, os sinais captados pelo equipamento de eletromiografia e dissipados pela eletroestimulação não terão uma qualidade satisfatória. 

    Essa é a importância de ter uma sonda que consiga se adaptar à cavidade. O fato de realizar a avaliação ou o tratamento em pé faz com que seja necessária uma sonda que tenha um encaixe melhor para cada cavidade. Também nesse caso, com a Miotec oferecendo uma variedade de 3 sondas, incluindo as 2 versões da PelviLine, facilita e qualifica muito o atendimento com pacientes de diferentes anatomias.

    Como elas devem ser utilizadas? 

    A sonda serve para duas coisas:

    • suprimento de equipamentos, pois é possível utilizá-la para captar a atividade elétrica se estiver conectada em um eletromiógrafo;
    • para levar a corrente elétrica do eletroestimulador até a musculatura.

    Nesse caso, o fisioterapeuta pode se interessar em saber como está a atividade elétrica do músculo: se está contraindo, o quanto está contraindo ou, então, ele pode usar a sonda para fazer com que ele contraia.

    É basicamente para isso que as sondas são utilizadas, isto é, são destinadas principalmente às fisioterapeutas pélvicas ou outros profissionais que treinam o assoalho pélvico com a finalidade de fortalecê-lo. Isso porque existem pessoas que já esqueceram como se contrai esse conjunto de músculos ou não conseguem mais contraí-los. Para essas situações, o eletroestimulador ajudará o paciente a redescobrir como é uma contração. 

    Ela serve também para saber como está a contração. Quando a pessoa contrai é o cérebro que está enviando o sinal elétrico até o músculo para impulsionar a contração. O equipamento também capta esse sinal em microvolts — nesse caso, o suprimento que é colocado no músculo é a sonda ou eletrodos de superfície. Ela em si não dá choque nem pega o sinal muscular, mas quando é utilizada em um eletroestimulador ou no eletromiógrafo é capaz de enviar ou receber o sinal elétrico.

    Quais os benefícios das sondas PelviLine para o profissional? 

    Um dos principais benefícios das sondas PelviLine é que elas são descartáveis. O fato é que não havia nenhuma sonda específica para eletromiografia e as sondas que existiam no mercado eram apenas voltadas para a eletroestimulação.

    O sinal de eletromiografia é um pouco mais difícil de ser captado porque as partes metálicas precisam estar ambas em contato com a superfície muscular. A Miotec, inovou com as sondas descartáveis. Antes, quem tinha clínica de fisioterapia se via obrigado a esterilizar o suprimento no próprio estabelecimento, o que exigia uma licença específica com a vigilância sanitária. Outra saída era enviar essas sondas para algum laboratório esterilizar e pagar por isso.

    Quando a Miotec lançou as sondas descartáveis, os profissionais do ramo logo as aderiram para não mais ter essa dificuldade de fazer uma licença a mais ou, até mesmo, ter o trabalho de deslocar um fisioterapeuta apenas para fazer a esterilização.

    Foi possível evitar também o trabalho de ter que mandar a sonda para um laboratório e provar por laudo que ela havia sido esterilizada devidamente. Tendo em vista todo esse processo burocrático, o mercado aderiu as sondas descartáveis sem pensar duas vezes. 

    Mas é importante ressaltar que a PelviFit e a PelviLine são produtos distintos. A linha PelviLine são os modelos de sonda que diferem anatomicamente da PelviFit, ou seja, um é menor e outro é maior. 

    Por que os fisioterapeutas precisam investir nessa tecnologia?

    Primeiro, é interessante ressaltar que o custo é bem menor do que as outras sondas esterilizáveis. Normalmente, a terapia também demora pelo menos em média 10 sessões e, pensando nisso, vendemos os pacotes com 10 unidades para os pacientes. 

    Além disso, o custo é menor que uma sonda que você terá que esterilizar o tempo todo. Sem contar que as sondas reutilizáveis precisam ser guardadas em um cômodo especializado para assepsia. Há também a comodidade e a otimização da produtividade — com as sondas descartáveis, você consegue focar em outras atividades que contribuam para o bom desenvolvimento da sua clínica.

    Outro ponto positivo é que, como recomenda-se que esse tipo de sondas seja utilizado uma única vez, isso aumenta a confiança dos pacientes em relação à higienização. Eles perceberão que seu suprimento é limpo e que, inclusive, nunca foi usado antes.

    Sem contar que o seu relacionamento com a Vigilância Sanitária também será beneficiado, já que, dependendo da forma que as sondas reutilizáveis são armazenadas, a sua clínica pode até ser multada por esses agentes.

    Como foi possível notar, as sondas PelviLine ajudarão a sua clínica a ter maior diversidade de escolha perante às pacientes, credibilidade no mercado e, consequentemente, a se destacar dos seus concorrentes. Hoje, os pacientes procuram por profissionais competentes e que se mostram interessados no seu bem-estar. Por isso, investir em equipamentos de alta tecnologia faz toda a diferença nesse momento.

    Quer fazer parte desses profissionais oferecem o melhor atendimento aos seus pacientes? Clique aqui e garanta já a sua PelviLine!

    A Miotec tem a missão de entender as necessidades dos pacientes e de desenvolver soluções para dar suporte aos profissionais da área da saúde, para que eles tenham mecanismos mais eficientes a favor dos tratamentos feitos. Tendo como objetivo a melhoria das capacidades físicas e motoras daqueles que precisam de tratamentos fisioterapêuticos, a Miotec desenvolve diversos produtos para contribuir com a qualidade de vida dos pacientes.

    Ad
    Ad
    Ad
    Ad

    A Miotec

    Fundada em 2002, a MIOTEC atua na área da saúde, desenvolvendo, produzindo e comercializando ferramentas tecnológicas direcionadas à pesquisas e terapias de prevenção, reabilitação e monitoramento, objetivando melhoria do bem-estar e do desempenho físico humano.

    Conecte-se

    Instagram

    No posts available!
    ×